Ariana Nasi| Visagismo: A importância dessa técnica na consultoria de imagem e estilo

7962

O visagismo é um conjunto de técnicas utilizadas para valorizar a beleza de um rosto a partir de uma concepção harmônica entre penteado e maquiagem. O termo é derivado da palavra francesa visage, que quer dizer rosto.

Primordialmente, a técnica constitui em criar uma imagem pessoal que revele as qualidades de uma pessoa.

É comum que as pessoas cheguem em um salão de beleza e peçam o corte de uma celebridade. Mas, será que esse corte vai combinar com seu rosto? O que fica bem em uma pessoa não necessariamente fica bem em outra.

O atendimento do visagismo é totalmente personalizado e analisa fatores como o formato do rosto, feições, cor da pele e também a personalidade e atividade profissional da pessoa.

O ideal é identificar os pontos positivos e ressaltar a beleza, mas que se adeque ao estilo de vida.

Este processo, que é relativamente novo no Brasil, é feito levando em consideração os princípios da linguagem visual, como harmonia e estética, e as características físicas.

O visagismo vai se valer da maquiagem, corte, coloração dos cabelos e entre outros recursos estéticos.

O visagismo e os tipos de formatos de rosto

Para descobrir o formato do seu rosto, você deve prender o cabelo e tirar uma foto.

Após isso, imagine uma linha vertical que divide o rosto (linha do comprimento) e outra horizontal também no meio (linha da largura). A partir daí, você consegue analisar as características de sua face.

Você pode também fazer isso se olhando no espelho e marcando o rosto com um lápis de maquiagem ou caneta.

Philip Hallawell, que é um artista plástico, profundo conhecedor da linguagem visual e do visagismo diz que há oito tipos de rostos. São eles:

São nove tipos de formato de rosto. É essencial identificar o seu para saber o que combina com suas características físicas.
São nove tipos de formato de rosto. É essencial identificar o seu para saber o que combina com suas características físicas.
  1. Rosto redondo

As linhas tanto de largura quanto comprimento possuem as mesmas dimensões. Esse tipo de rosto não possui linhas retas, sendo os ângulos arredondados e pouco definidos.

2. Rosto oval

A linha de comprimento do rosto é cerca de 1/3 maior que a linha da largura. Esse rosto é ligeiramente alongado quando comparado ao redondo, não tendo nenhum ângulo que se destaque.

3. Rosto quadrado

Assim como o redondo, as linhas de comprimento e da largura possuem o mesmo comprimento. A diferença é que as linhas da testa, queixo e mandíbula são retas.

4. Rosto retangular ou oblongo

A linha do comprimento é quase duas vezes maior que a linha da largura, lembrando um retângulo vertical. Igualmente ao rosto quadrado, as linhas laterais são retas e definidas.

5. Rosto triangulo invertido ou de coração

A linha do comprimento é maior que a linha da largura. O queixo é o menor ponto desse tipo de rosto, sendo pontiagudo. A região das bochechas e testas são largas e têm a largura semelhante. As linhas da mandíbula são retas e longas e vão afinando até chegar ao queixo.

6. Rosto triangular

Possui a parte inferior mais larga que a testa.

7. Rosto losangular ou de diamante

A linha do comprimento é maior que a da largura. Assim como o rosto triangular, o queixo é pontiagudo e destacado. A diferença é que as maçãs do rosto são mais largas e a testa mais estreita.

8. Rosto hexagonal de base reta

A lateral é uma linha inclinada, mas o queixo possui uma linha reta horizontal. A testa é reta e as bochechas salientes. É semelhante ao losangular, mas ao invés do queixo ser pontudo é quadrado.

9. Rosto hexagonal lateral reta

A lateral é reta e o queixo pontudo.

Análise da feição

O profissional do visagismo também realiza a análise da feição, que diz respeito ao traço de personalidade da pessoa.

São traçadas três linhas: Da testa à sobrancelha. Um traço médio entre as sobrancelhas e a ponta do nariz e outro inferior do nariz ao queixo.

Rosto demarcado para a análise das feições (Fonte: Visagismo Philip Hallawell).
Rosto demarcado para a análise das feições (Fonte: Visagismo Philip Hallawell).
  • Da sobrancelha para cima e analisa o intelecto;
  • O olho é a emoção;
  • O nariz é a parte da ação;
  • A boca representa a expressão e a comunicação;
  • O queixo a vontade.

A importância do visagismo na consultoria de imagem

Uma vez que se considera que o rosto corresponde a cerca de 70% de uma imagem pessoa, o visagismo é essencial por ser uma análise exclusiva e customizada feita a partir de muito estudo.

Ademais, para que seja eficiente, o profissional faz um estudo detalhado não apenas dos aspectos físicos do cliente, mas também da vida dele e do que ele deseja passar no dia-a-dia.

Portanto, o visagismo cria uma imagem que é capaz de refletir comportamentos, ideias e atitudes.

Dessa maneira, Philip Hallawel diz que o visagismo não é uma intuição, mas sim uma ciência baseada em fundamentos da linguagem visual, estética, geometria, antropologia, psicologia, neurobiologia, física ótica e em conhecimentos milenares.

O visagismo faz parte de um processo de autoconhecimento que inclui diversas análises de características e comportamentos.
O visagismo faz parte de um processo de autoconhecimento que inclui diversas análises de características e comportamentos.

Sobretudo, a partir do visagismo a pessoa adentra em um processo de autoconhecimento profundo, que inclui a análise das características físicas e comportamentais.

Ao se conhecer profundamente, entende-se que não é preciso muito para que o estilo seja revelado e também a fazer escolhas certas e harmônicas.

Gostou de saber mais sobre visagismo? Descobrir seu estilo e construir uma imagem é um ponto essencial para o sucesso não apenas pessoal como também profissional. Por isso, faça uma consultoria de imagem para descobrir o seu! Descubra como AQUI!

Artigo anteriorAriana Nasi| Armário cápsula: Veja como montar o seu!
Próximo artigoAriana Nasi| Combinações de cores: Como usar nos looks!