Ariana Nasi| Personal closet : Dicas de como organizar seu guarda roupa

4727

O personal closet, também chamado de personal organizer, é uma profissão que surgiu nos Estados Unidos para denominar os profissionais que prestam serviços personalizados de organização.

O diferencial do personal closet é organizar o armário de acordo com a necessidade do cliente. Para isso, é preciso entender um pouco da rotina da pessoa. Assim, é possível fazer uma organização de forma mais funcional.

Além de organizar o closet, o profissional de organização também ensina a pessoal para que ela tenha condições de garantir a manutenção e continuar o trabalho desenvolvido.

Vale ressaltar, que há uma diferença entre arrumar e organizar um guarda-roupa. Isso porque, na arrumação os itens são guardados sem nenhum critério.

Já na organização, as peças são colocadas em lugares específicos seguindo técnicas definidas para que haja a otimização do espaço e também funcionalidade no dia-a-dia.

Por exemplo: Se uma pessoa viaja muito e fica pouco tempo em casa, a melhor forma de organizar o armário é deixar as roupas dobradas prontas para serem colocadas na mala. Esse tipo de organização vai favorecer na hora de compor a bagagem inteligente em pouco tempo.

9 dicas de personal closet para você mesmo organizar seu guarda-roupa

Separamos algumas dicas recomendadas por um personal closet para você deixar seu guarda-roupa organizado e funcional. Confira:

1. Desapegue o que não usa

Essa é uma das primeiras coisas que você deve fazer quando começa a organizar seu guarda-roupa.

É preciso desapegar de peças que estejam muito velhas, danificadas ou perderam sua utilidade.

Desapegue de tudo que você não usa mais!
Desapegue de tudo que você não usa mais!

As roupas que não servem mais em você ou que estão há muito tempo sem uso, mas ainda estão em bom estado devem ser doadas ou vendidas em um bazar.

Deixe no seu guarda-roupa somente roupas atuais, com bom caimento e estado. Essa limpeza deve ser feita pelo menos a cada seis meses, sendo essencial para sempre ter espaço livre em seu armário.

2. Divida a organização por peças

É essencial separar espaços para cada tipo de roupa. Assim, quando você tiver uma produção em mente saberá onde achar.

Por exemplo: Separe um espaço para vestidos, calças, shorts, blusas casuais, camisas e etc.

3. Padronização dos cabides

Pode parecer algo com pouca importância, mas padronizar os cabides além de colaborar com a questão visual também facilita na hora de encaixar as roupas na barra do guarda-roupa.

Roupas de festas e com tecidos mais finos devem ser protegidos com capas. O ideal é que as roupas de festas sejam guardas sempre na lateral dos armários para que não sejam mexidas a todo o momento. Fazer isso ajuda na organização e conservação das peças.

Cabides padronizados colaboram para o melhor encaixe das peças.
Cabides padronizados colaboram para o melhor encaixe das peças.

4. Sapatos higienizados

O ideal é que você tenha uma sapateira à parte do seu armário.

Contudo, é comum que as pessoas não tenham tanto espaço assim. Assim, após usar um sapato é preciso que você o deixe respirar por um tempo e limpe com uma escova apropriada nas laterais e sola. Nada de chegar da rua e guardar o sapato no armário, certo?

É essencial guardar os sapatos limpos no armário e, se possível, separar por categorias: tênis, botas, sandálias, sapatilhas, sapatos de festa e entre outros tipos de calçados.

5. Use organizadores

Atualmente, há no mercado diversas opções de organizadores, como divisórias, caixas, organizadores de bijuterias, cabides para lenços, colmeias para sapatos e etc.

Esses itens ajudam na otimização de espaço e também para deixarem as peças mais acessíveis e fáceis de achar.

Caixas e divisórias ajudam a manter a organização.
Caixas e divisórias ajudam a manter a organização.

Em caixas que você vai guardas coisas que usa com menos frequência, pregas etiquetas de identificação ajuda para que você não fique procurando por muito tempo.

6. Troque de lugar as roupas de acordo com a estação

Nas trocas de estação você vai mudar as peças que usa no dia-a-dia.

Para facilitar na hora de escolher o que vestir, coloque nas prateleiras e espaços mais acessíveis as roupas que vai usar nos próximos meses.

As outras que não estão de acordo com a estação podem ser colocadas em caixas (com um orifício para ventilação) ou sacos na parte superior do guarda-roupa.

7. Tenha um espaço para as roupas de cama

As roupas de cama devem ser organizadas em conjuntos, para que você não tenha dificuldades de encontrar lençóis e fronhas correspondentes. As fronhas podem ser colocadas no meio dos lençóis.

Dobre os lençóis e fronhas juntos e separe as sessões por lençol, lençol de elástico, colcha, edredom e etc.

Ter uma parte do closet somente para roupas de cama facilita a organização
Ter uma parte do closet somente para roupas de cama facilita a organização

8. Peças pouco usadas nas prateleiras altas

As peças que você usa raramente devem ser organizadas em prateleiras altas. Já aquela sque você usa com mais frequência em um local de fácil acesso.

Assim, na hora de se vestir será mais fácil acessar um local que possa ser facilmente visualizado.

9. Busque manter a organização

Após o guarda-roupa organizado, busque manter tudo no seu lugar e faça uma manutenção constante.

Vale lembrar, que não há regras imutáveis para organizar seu guarda-roupa. A disposição das peças deve estar de forma que seja mais funcional para você.

Aproveite nossas dicas de personal closet e fique atento ao site que sempre vou falar de organização. Comece agora a arrumar seu guarda-roupa!