Ariana Nasi| Outubro Rosa: Prevenção e diagnóstico do câncer de mama

2186
Outubro Rosa: Prevenção do câncer de mama e útero.

O Outubro Rosa é uma campanha realizada em todo o mundo com o objetivo de alerta as mulheres sobre o diagnóstico precoce do câncer de mama.

O Movimento foi criado na década de 1990 pela Fundação Susan G. Komen for the Cure. No Brasil, a comemoração foi instituída oficialmente pela Lei nº 13.733/ 2018.

A promulgação da lei inclui ações como a iluminação de prédios públicos com luzes de cor rosa; promoção de palestras, eventos e atividades educativas e veiculação de campanhas que contemplem ações fundamentais para a prevenção e diagnóstico do câncer de mama.

A partir de 2011, foi incorporada à campanha também ações campanhas sobre a importância de fazer exames frequentes para a detecção precoce do colo do útero.

Ariana Nasi| Consultoria de Imagem e Estilo: Outubro é o mês dedicado para ações voltadas para a prevenção do câncer de mama e útero.
Ariana Nasi| Consultoria de Imagem e Estilo: Outubro é o mês dedicado para ações voltadas para a prevenção do câncer de mama e útero.

Assim, outubro é um mês dedicado a conscientização da importância de olhar com mais atenção para a saúde. Além disso, também é o momento e lutar por melhores condições de saúde para mulheres, o que inclui não apenas atendimento médico, como também suporte emocional para um tratamento de qualidade.

Durante todo o mês, o câncer de mama é abordado por diversas instituições que encorajam as mulheres a realizarem o autoexame. Esta é uma iniciativa muito importante, já que nos estágios iniciais a doença costuma ser assintomática. Além do que, quanto mais cedo for descoberta maiores são as chances de cura.

Quanto Antes Melhor: A importância da prevenção de diagnóstico precoce

As campanhas do outubro rosa ressaltam que não apenas um diagnóstico precoce é importante na luta contra o Câncer de Mama, mas também a adoção de um estilo de vida saudável, o que inclui atividades físicas e boa alimentação.

Como sempre falo aqui, a nossa beleza vem de dentro para fora. Por isso, os cuidados com a nossa saúde são essenciais para uma vida plena e equilibrada.

Ariana Nasi| Consultoria de Imagem e Estilo: A prática de atividades físicas é uma das formas de prevenção do câncer de mama.
Ariana Nasi| Consultoria de Imagem e Estilo: A prática de atividades físicas é uma das formas de prevenção do câncer de mama.

Essas práticas evitam diversas doenças, entre elas o câncer de mama, que é o tipo mais comum de câncer entre as mulheres. No Brasil, o índice corresponde a aproximadamente 25% dos novos casos de câncer a cada ano.

A causa do câncer de mama é a multiplicação desordenada das células da mama, que gera anormalidades que causam tumor. O desenvolvimento pode ser mais rápido ou lento, dependendo da característica do tumor.

Sinais e possíveis sintomas do câncer de mama

Como falei anteriormente, o câncer de mama pode ser assintomático. Por isso, é necessário verificar com frequência se há qualquer alteração nas mamas e buscar um médico. Alguns possíveis sintomas são:

  • Nódulo único e endurecido;
  • Alteração na forma do tamanho das mamas;
  • Inchaço, vermelhidão, dor ou calor na pele da mama;
  • Nódulo ou caroço que não diminui de tamanho;
  • Sensação de nódulo crescendo na axila;
  • Retração ou espessamento do mamilo ou da pele;
  • Secreção aquosa ou sanguinolenta nos mamilos;
  • Assimetria entre as duas mamas;
  • Formação e feridas ou crostas na pele próxima ao mamilo;
  • Inversão no mamilo;
  • Coceira frequente nas mamas;
  • Inchaço do braço;
  • Endurecimento da pele das mamas e aparência de casca de laranja.

Esse são alguns sintomas que podem aparecer de forma isolada ou simultânea.

Vale ressaltar que esses sinais nem sempre indicam a presença de um câncer. Por isso, é essencial procurar um médico para o diagnóstico correto e preciso.

O autoexame da mama

O diagnóstico precoce do câncer de mama além de aumentar as chances de cura também propicia a adoção de tratamentos menos agressivos. Vamos aproveitar o Outubro Rosa para fazer o autoexame?

É muito simples e você pode fazer em casa. O autoexame eficiente deve ser feito em três etapas, que são:

1. Observação em frente ao espelho

Fique sem a blusa e o sutiã na frente ao espelho com a mão na cintura. Verifique o tamanho, formato e contorno das mamas. Observe se há alterações na pele, na aréola ou no mamilo ou se o sutiã deixa marcas em somente uma das mamas, o que indica inchaço. Deixe os braços soltos ao lado do corpo e faça a observação novamente. Após isso, erga os braços e busque alterações.

2. Apalpação no chuveiro.

Coloque a mão atrás da nuca e deixe o cotovelo apontado para a cima. A pele precisa está ensaboada para os dedos deslizarem com maior facilidade.

Com a mão direita, apalpe a mama esquerda com a ponta dos dedos. Faça movimentos circulares firmes, mas que não causem dor ou desconforto. O movimento deve começar na axila e seguir em direção ao mamilo.

Observe se há algum tipo de caroço ou regiões mais densas nas mamas ou axilas. Pressione o mamilo de forma delicada e veja se sai algum líquido de origem desconhecida. Troque o braço e faça o mesmo na outra mama.

3. Apalpação deitada

Deite-se na cama e coloque um travesseiro fino por baixo do ombro esquerdo. leve a mão esquerda para trás da cabeça e com a mão direita apalpe a mama esquerda fazendo movimentos circulares com a ponta dos dedos em busca de anormalidades.

Após fazer todo o processo, coloque o travesseiro no ombro direito e repita os passos com outra mama.

Você deve estar se perguntando o porquê de fazer o autoexame em três posições diferentes. A explicação é que a mama se move junto com o corpo, de modo que uma anormalidade pode passar despercebida em determinada posição. Esse é um cuidado simples que pode fazer a diferença em nossa saúde.

O acompanhamento de um ginecologista e mastologista também é fundamental. Além disso, mulheres entre 50 e 69 anos devem realizar mamografia a cada dois anos. Vamos conversar mais sobre isso? Acompanhe meus posts no Instagram com uma programação especial voltada para o Outubro Rosa!

 

Artigo anteriorAriana Nasi| Estilo masculino e o cuidado com a aparência e bem-estar
Próximo artigoAriana Nasi| Mulheres empreendedoras: muito além da realização profissional